sexta-feira, 22 de julho de 2016

Aplicativo de orações do Papa será lançado no Brasil

ClicktoPray04-03-2016
O site ACI Digital informou ontem (05/07/2016) que o aplicativo de orações Click to Pray será apresentado oficialmente no Brasil no dia 14 de julho, em São Paulo. Lançado em 2014 em Portugal pela Rede Mundial de Oração do Papa (Apostolado da Oração), o app já é utilizado por 440 mil pessoas no mundo e a expectativa é que este número aumente nos próximos anos.
O lançamento do Click to Pray no Brasil acontecerá no Salão da Igreja do Pateo do Collegio, às 9h, e contará com a presença do Diretor Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa, Padre Frédéric Fornos.
Conforme declarou à Rádio Vaticano, o sacerdote virá ao Brasil “para ajudar a fazer conhecer este aplicativo oficial de oração do Papa Francisco e ajudar a rezar pelas grandes intenções que nos dá a cada mês”.
O aplicativo Click to Pray oferece três momentos breves de oração por dia, ajudando “a recordar, mesmo se por um pequeno momento, o essencial: a relação com o Senhor, a abertura do coração ao mundo de hoje”. Permite ainda ao usuário colocar as suas intenções pessoais.
Além do app, a iniciativa conta com seu site oficial (www.clicktopray.org) e foi lançada também nas redes sociais, como Facebook, Twitter e Youtube. Está disponível em quatro idiomas: português, espanhol, inglês e francês. No próximo ano, será lançada a versão em italiano e outras línguas.
Para Pe. Fornos, o aplicativo é uma iniciativa para “’despertar’ e para nos recordar que em uma vida, mesmo muito agitada, com tantas coisas para se fazer, a oração é essencial”.
Nesse sentido, destaca os dados fornecidos pela agência La Machi, segundo a qual, cada vez que abrem o aplicativo, as pessoas o utilizam por cerca de 4 minutos e 50 segundos. “É muito tempo. Quer dizer que as pessoas tomam tempo para meditar, para rezar e quer dizer que isto ajuda”, pontuou.
“Normalmente, de fato, as pessoas quando usam um aplicativo, o fazem mais velozmente. Aqui, ao contrário, as pessoas tomam tempo para entrar em silêncio e poder realmente abrir o coração e rezar por estas intenções do Papa”, completou.

Nenhum comentário :

Postar um comentário